Programação Rugby na SportTV

Programação Rugby na SportTV
(clique para consultar a programação)

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Entrevista - Basmati/Revelação

Depois de uma pausa para férias voltam as nossas entrevistas. Para esta reentre das entrevistas, vamos entrevistar a Revelação da equipa sénior do ano passado, o grande mas pequeno Carolino. Jogador irrequieto, e de uma raça enorme com grande espírito de sacrifício, vamos então dar a palavra ao “pigmeu” da equipa…

PERFIL

Nome: João Francisco Castro Lopes Rodrigues Carolino
Idade: 24
Posição: Ponta
Altura: 1.63m Peso: 60kg
Clubes: Rugby Clube de Viseu

ENTREVISTA

Blogue Não Oficial do Rugby Em Viseu - Boa tarde! Antes de demais, gostaria que fizesses uma breve apresentação sobre ti.

Carolino - Não tenho muito jeito para me descrever ou apresentar, de qualquer forma chamo-me João Francisco (Basmati segundo o estimado Prata) e considero-me uma pessoa bastante activa e com vontade de procurar sempre algo mais e melhor tanto quanto a nível pessoal como profissional. Considero-me um pouco perfeccionista e isso pode ser mau. Já dizia a minha avó: “Meu filho, o que é demais é moléstia!”

BNOREV - Quando e porque é que começaste a jogar rugby?

C – Comecei a jogar rugby em 2003 (penso eu) com 17 anos. Sinceramente não sei como começou, mas penso que foi a convite de pessoas que estudavam comigo no liceu Alves Martins. Perguntaram-me se queria ir experimentar e lá fui. Desde o primeiro treino que gostei e por isso fiquei.

BNOREV - O que é o rubgy para ti?

C – Considero o rugby como o maior desporto de equipa que alguma vez tive a oportunidade de experimentar. Um desporto viril, arrojado, com bastante táctica e com muito contacto físico em que toda a gente dá tudo o que tem dentro do campo. Eu gosto quando as pessoas se esforçam e dão “couro e cabelo” pelo que estão a fazer e vejo que nos treinos em que tive a oportunidade de ir a malta esforça-se e bastante. Vejo este desporto como uma maneira de tirar toda a frustração/stress/irritação do dia-a-dia. Há quem faça yoga, nós jogamos rugby.

BNOREV – O rugby, mudou algo em ti? Ou mesmo na tua vida e como a encaras no dia a dia?

C– Penso que não. Acrescentou somente um pouco mais de desejo por batalhar pelas coisas que quero, tal e qual como quando qualquer um de nós entra num campo para ganhar o jogo e se esfola para o conseguir.

BNOREV - Qual a posição em que sempre sonhaste jogar?

C – Não tenho uma predilecta. Tenho duas que gosto bastante, uma que é a posição em que jogo (ponta). A outra seria Arriere.

BNOREV - Qual foi o jogo mais especial que já jogaste, e porquê?

C – Contra Oerias. Foi um jogo com situações bastante caricatas. Foi num campo pelado em que levamos muito na cabeça, no entanto quando era placado por um jogador deles parecia que caia sobre almofadas e não num local repleto de gravilha. Foi também o jogo em que plaquei um jogador que agora joga na selecção nacional. Na altura era bem mais magrinho!!

BNOREV – Tão pequenino e tão irrequieto, és assim em tudo??

C – Depende. Na maior parte das coisas sim. Estou sempre a pensar no que vou fazer, as vezes não consigo ter a cabeça no local em que estou e divago. Acho que planeio um pouco demais as coisas e isso deixa-me sempre a mil.

BNOREV – Que expectativas tens para a época que se avizinha?

C – Espero um clube com a mesma ou mais ambição que no ano passado, um clube mais organizado e empenhado.

BNOREV - Qual o teu jogador favorito?

C – Gosto bastante do Bryan Habana. O homem é também rodas baixas comparado com outro jogadores, joga na posição que jogo e corre como tudo.

BNOREV – Se dependesse só de ti, o que mudavas neste clube?

C - Sinceramente estou há pouco tempo no clube para me aperceber da situação dele tal e qual como era e como é, por isso ainda não tenho a opinião formada.

BNOREV – O que achas do crescimento do clube para este ano com 4 escalões?

C - Acho fantástico, o clube está a crescer em todos os sentidos e penso que com os escalões mais divididos pode-se orientar e especializar melhor cada um.

BNOREV – Tendo tu nome de arroz e existindo diversos tipos de arroz desde o Carolino, Agulha, Basmati, qual o mais aconselhado para fazer um arroz de Bacalhau?

C- Não tenho a certeza até porque não gosto muito desse prato, mas......... Penso que será o agulha. O Carolino é mais para doces!

BNOREV - E que achas da trinca de arroz??

C - É bom para os cães!

BNOREV - Que dirias a alguém que desconhece este Desporto, para o convencer a vir experimentar?
Negrito

C - Para os mais velhos que é um excelente desporto para descarregar o stress diário que afecta toda a gente. Diria também que devido a ser bastante exigente fisicamente, mantém as pessoas em forma e hoje dá-se muita importância a isso. Aos mais novos dizia para virem experimentar para abrir os horizontes em termos desportivos. O futebol domina, mas também existem outras áreas. Desmistificava a ideia de violência gratuita que está inerente à cabeça das pessoas, convidando a ir ver um treino. Se o vissem na primeira pessoa iriam querer experimentar. Uma coisa vem a seguir à outra.

BNOREV – Queres deixar uma mensagem ao pessoal do clube….

C – Malta é preciso estar unido. Costuma-se dizer que o difícil não é construir, mas sim manter algo e essa é uma frase que nós todos devemos relembrar várias vezes. Assim sendo, é preciso continuar com vontade de fazer um bom trabalho e insistir. Sem esforço os objectivos não são cumpridos portanto toca a ter dinamismo e força para se conseguir manter um clube. Direcção e jogadores! Gostava de pedir paciência e calma em algumas situações mais chatas e não se deixem apanhar na mesquinhice. Isso não leva a lado nenhum. Grande abraço a todos


obrigado pelas tuas respostas.

7 mêlées:

Jo disse...

BNOREV – Tão pequenino e tão irrequieto, és assim em tudo??

C – Depende. Na maior parte das coisas sim. Estou sempre a pensar no que vou fazer, as vezes não consigo ter a cabeça no local em que estou e divago. Acho que planeio um pouco demais as coisas e isso deixa-me sempre a mil.

Esta pergunta refere-se a quem?ao basmati ou "cabeça" dele?Fiquei confuso com a resposta.

João Mateus disse...

Arroz de bacalhau?? Bom é arroz de pato com laranja e pinhões

Costa disse...

se o "aspirador" não tinha de vir criticar a comida!
Até parece que não "aspiravas"

Barros disse...

O kurt e os pratos!!!

Joao Carolino disse...

Jo nunca ouviste falar da expressão mente sã corpo são? É exactamente a mesma cena. Se a tua cabeça está a mil (e sendo ela tua) é natural que se repercuta para o exterior. ;)

Beijo no queijo

Teresa disse...

Boa entrevista Carolino!
As perguntas do arroz puseram o Kurt na esquisitice :P

Ze Mike disse...

E tinha que ser Basmati que é um arroz para doces(e nos nao queremos doçuras no meio do campo), porque nao um Agulha...um arroz seco! :P